WhatsApp Grande

Educação já apresenta avanços e boas perspectivas para 2019

Por Redação em 11/01/2019 às 14:35:56
O Secretário Municipal de Educação de São Gonçalo, Marcelo Azeredo, fez um balanço das ações realizadas durante os dois meses que está à frente da pasta e aproveitou para anunciar algumas novidades, como a criação de um Centro Interescolar em Alcântara, para ensino de idiomas, a exemplo do que já existe no bairro Porto da Madama e que é referência no ensino de línguas no município. "Nesses dois meses que nós estamos à frente da Secretaria Municipal de Educação, desde novembro, a pedido do Prefeito José Luiz Nanci, nós buscamos ações imediatas no sentido de melhorar cada vez mais a qualidade do nosso ensino e já visando um ano de 2019 muito diferente do que foi 2018. Dentro dessas ações nós vamos destacar as administrativas e as pedagógicas", afirma o Secretário.

Como explicou Marcelo, algumas ações administrativas tiveram início ainda quando ele exercia o cargo de Secretário de Administração, como o pagamento dos atrasados de processos de enquadramento e qualificação profissional, que foram efetuados em duas parcelas , somando aproximadamente R$ 3 milhões de atrasados, envolvendo todos os funcionários da Educação da rede. "Esses processos vinham de governos passados, estavam arquivados. Nós desarquivamos, já tínhamos aqui uma comissão, nós pedimos para que essa comissão acelerasse a avaliação dos processos e até o final do ano, quitamos, pelo menos de acordo com o que foi passado pela comissão de enquadramento hoje nomeada. Além de ter pago todo o atrasado, estamos mantendo em dia todos os pagamentos. Tivemos o cuidado também, no mês de dezembro, de realizar o pagamento de 1/3 de férias dos professores, profissionais de educação e o salário de dezembro também foi pago dentro do próprio mês. Em dezembro, pagamos também duas parcelas da verba de manutenção para as escolas, que estavam em atraso. Conseguimos quitar as duas últimas parcelas que estavam faltando, aplicando pouco mais de R$ 1 milhão com essas verbas. Desta forma, as diretoras puderam fazer os acertos do que foi utilizado e podem agora providenciar pequenas reformas durante o mês de janeiro nas escolas", explica Marcelo.

Também durante este período, a Secretaria Municipal de Educação comprou cinco mil carteiras e 500 mesas de professores para integrar o novo mobiliário das escolas. Segundo o Secretário, metade do mobiliário já foi distribuída. "Agora, vamos distribuir a outra metade, estamos priorizando as escolas mais distantes do Centro. Compramos também 60 playgrounds para colocar nas UMEIs e creches. Todos já foram entregues, estão no nosso depósito e vamos encaminhar para as escolas ainda na primeira quinzena de janeiro. Fizemos a compra de uniformes, kits escolares e mochilas para todos os alunos da rede em 2019", garante o Secretário.

Marcelo Azeredo explicou que em 2019 a Rede Municipal de Educação de São Gonçalo terá  um calendário único com datas iguais para realização de eventos. "Vamos ter, por exemplo,  o  "Família na Escola", que vai ser um grande evento em que todas as escolas da rede vão entregar aos alunos e responsáveis o uniforme, o kit com material didático e a mochila para nossos alunos. Isso é algo inédito na rede e vai acontecer logo no início do ano letivo, as compras já foram feitas. Ainda em janeiro e início de fevereiro vamos entregar nas escolas para que na data programada pelo calendário escolar, possa entregar aos alunos em data única, pois nós somos uma rede. Então o que acontece em uma escola tem que acontecer em todas da mesma forma", afirma Marcelo.

Outra medida anunciada por Marcelo Azeredo e importante para a otimização do trabalho na Rede Municipal de Educação foi a abertura de processos de licitação para a compra de veículos, com a finalidade de visitar as escolas por nossa equipe administrativa e pedagógica. "Nós precisamos de veículos para os Conselhos, para a Supervisão, para o Pedagógico, para a Infraestrutura, que precisa visitar as escolas. Vamos ampliar também o número de ônibus de 33 para 43, estamos comprando mais dez ônibus para a rede, todos com acessibilidade, que é um cuidado sempre lembrado pelo nosso prefeito. A cada compra que se faz, o prefeito tem o cuidado de pedir para adquirir com atenção à legislação, assim todos os ônibus comprados contarão com acessibilidade", explica o secretário.

O forte calor que tem atingido o município também preocupa o governo, que luta pelo bem-estar de alunos e professores nas escolas municipais. Por isso, segundo Marcelo, foi aberto um processo de licitação para a compra de aparelhos de ar-condicionado e ventiladores. "Colocar climatização nas nossas escolas não é uma coisa muito simples porque temos que ver a questão da carga elétrica de cada escola. A partir de fevereiro, uma equipe vai visitar todas as escolas para verificar, de forma gradativa, em quais unidades já podemos começar a climatização. Nas outras, onde a climatização não for possível por questões técnicas, vamos colocar ventiladores e, ao longo do ano, trabalhar a parte elétrica para que até o fim do ano ou início do próximo, possamos climatizar", garante Marcelo.

A mudança da sede da Secretaria Municipal de Educação foi anunciada para breve. "Estamos saindo do Centro Cultural Joaquim Lavoura e indo para o Anexo na Região de Alcântara, um local mais central para facilitar o acesso de todos os munícipes. Outro ponto positivo é que na nova sede também será instalado o Centro Interescolar para ensino de idiomas, com previsão de inauguração ainda esse ano. Nós temos o CIUG (Centro Interescolar Ulysses Guimarães), no Porto da Madama, vamos ter um também no Alcântara. Sabemos que o nosso Centro de Línguas hoje é referência no município. Então precisamos instalar um desses naquela região. Então, conversamos com o prefeito e vamos levar para o Anexo um centro interescolar até o final do ano", afirma o Secretário.

Marcelo Azeredo ressalta ainda uma grande vitória do Governo, que é o sinal verde do SIOP (Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento), Sistema Federal que autoriza e regulariza as verbas federais. O município está com toda prestação de contas em dia. "Este sinal verde do Siop demonstra que esses últimos dois meses foram de muito trabalho da equipe de orçamento e prestação de contas para que nós pudéssemos, depois de muitos anos, muitos governos, ter o sinal verde com esse sistema federal, que facilita a questão das verbas. Falando nesse sinal verde, nós temos uma série de verbas do Governo Federal  e estamos fazendo a reprogramação dessas verbas, que estão ligadas ao PAR (Plano de Ações Articuladas). Com isso, teremos em breve compras de computadores para toda rede, mobiliário para cozinha como fogão, freezer, talheres. Já temos verba para aquisição de todo esse material, graças a essa reprogramação, a partir do sinal positivo do SIOP. Estamos conversando com Brasília e esperamos trazer mais verba para o nosso município a partir de fevereiro", enfatiza Marcelo.

Nesses dois meses à frente da Semed, Marcelo Azeredo criou o protocolo geral, evitando o desvio de documentos e até a demora de um documento para chegar a um setor. "Essa é uma questão administrativa que facilita e agiliza o trabalho. A partir de agora, temos um protocolo geral, então todo e qualquer documento entra ali, vai para o setor responsável que automaticamente  responde. Com isso, reduz-se  muito o tempo de resposta dos documentos. Outra medida administrativa é a identificação de todos que entram na sede da Secretaria. Iniciamos com a sede, onde todos os funcionários têm que fazer uso permanente do crachá, funcionários visitantes se identificam na recepção e usam crachá de visitante, e vamos estender essa medida para as escolas, onde todos os funcionários deverão usar o crachá, que é uma forma de identificação do funcionário público, uma questão de segurança e todo visitante também vai usar de forma identificada", explica o Secretário.

Quanto ao concurso público, Marcelo afirma que existe uma previsão de realização em 2019. "O concurso vai atender diversas áreas da educação, não só para professor, mas diversas áreas. Estamos fazendo um levantamento rigoroso para saber as demandas das escolas. Nas ações pedagógicas nós iniciamos com uma reformulação nas coordenações. Iniciamos convidando o sindicato, a Supervisão Educacional, o Conselho Municipal de Educação e demais entes ligados às ações pedagógicas para rever a portaria de reposição de greve. Conseguimos sentar junto ao Ministério Público também. Essa foi uma solicitação do nosso prefeito para que conseguíssemos cumprir o que manda a lei 9394/96 da LDB, que fala dos 200 dias letivos e 800 horas. Então, estamos cumprindo, encerrando o nosso calendário letivo de 2018 dia 21 de fevereiro, iniciando o calendário de 2019 em 25 de fevereiro e encerrando no dia 27 de dezembro do mesmo ano e de forma única na rede municipal de educação", afirma Marcelo.

Como explica Marcelo Azeredo, o grande projeto de 2019 na Rede Municipal de Ensino de São Gonçalo é a comemoração dos 440 anos da cidade, que foi fundada em 6 de abril de 1579 por Gonçalo Gonçalves. "Poucos gonçalenses sabem disso. A maioria só conhece o 22 de setembro que é a data da emancipação política, um ato administrativo político, mas a sua fundação lá quando Gonçalo Gonçalves encontrou os índios tamoios, poucos têm conhecimento. Então a Secretaria de Educação juntamente com a Sociedade Civil Organizada do município vai fazer desse ano o ano dos 440 anos. O prefeito José Luiz Nanci quer que toda população gonçalense saiba e não há local melhor para divulgar do que a escola. A partir do momento que a gente divulga na escola, toda a comunidade, da mais carente a que tem melhor condição social vai saber dos 440 anos da fundação dessa cidade. Então esse é o grande projeto, vamos ter um sábado dedicado a isso, vamos ter um sábado dedicado à festa julina da rede que há muitos anos não acontece. Conversamos também com a Secretaria de Esporte e Lazer para fazermos uma parceria na questão dos Jogos Escolares, teremos uma parceria com a Cultura para fazermos a saída de campo nos pontos históricos de São Gonçalo, parceria com a Funasg (Fundação de Assistência à Saúde dos Servidores) para fazer um trabalho de adequação à questão vocal, fisioterapia, ergometria, com os professores, com a Saúde para ter a saúde nas escolas, com a Assistência Social no sentido de trazer esse cuidado também. Então estamos buscando uma parceria que logo toda rede vai ter ciência de todo esse calendário, além de outras festas que vamos ter também de forma unificada", informa o Secretário.

Segundo Marcelo Azeredo, logo que sua equipe assumiu, foi feita uma reunião com todos os diretores de escolas. "Isso é um ponto ímpar também, pois ouvimos de forma individualizada todos os diretores da rede. Cada um teve 40 minutos para expor as maiores dificuldades de suas unidades escolares. Cada um estabeleceu três metas principais que a Secretaria deve focar. Na última segunda-feira, fizemos uma reunião com todos os subsecretários e foram entregues as metas para já trabalharmos em cima disso para que possamos no início do ano letivo já começarmos a suprir as necessidades. A Secretaria de Educação está de portas abertas, literalmente, para ouvir a comunidade, os professores e seus funcionários de forma geral porque o nosso slogan é "Educação: Por Uma Escola com Gestão Democrática" e nós entendemos que para se trabalhar a gestão democrática tem que iniciar pela Secretaria. Então, pela secretaria é ouvir, é dar atenção é acompanhar cada procedimento. Esse é o nosso perfil aqui dentro da Secretaria de Educação", conclui o Secretário Marcelo Azeredo.
Banner 03 anuncie aqui sua empresa