Topo

Portela dá adeus a Casquinha, integrante da Velha Guarda

Vítima de uma infecção generalizada, o poeta estava internado no Hospital São Matheus, em Bangu.

Por Redação em 03/10/2018 às 14:46:56

Foto: Divulgação

Morreu nesta terça, 2, o compositor e integrante da Velha Guarda da Portela Otto Henrique Trepte, famoso no mundo do samba como Casquinha. Vítima de uma infecção generalizada, o poeta estava internado no Hospital São Matheus, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, e tinha 95 anos, a mesma idade que a agremiação, fundada em 1923. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.

Na mensagem que marca a despedida, o presidente da azul e branco de Madureira, Luis Carlos Magalhães, exalta uma das principais contribuições de Casquinha para a escola: o samba-enredo do Carnaval de 1959, feito em parceria com Candeia, Waldir 59, Altair Prego e Bubu.

- Casquinha viveu a vida que quis viver, sempre cercado de sambistas formidáveis e se fazendo parceiro de mitos como Paulinho da Viola, Candeia, Monarco e outros mais. Vida longa, bonita e intensa! Compôs "Brasil, Pantheon de Glórias" e se tornou personagem importante na Portela. Por isso, terá sempre um lugar especial nesse pantheon que ele próprio ajudou a construir - disse Magalhães numa nota de pesar divulgada pela escola através das redes sociais.

Fonte: Sambarazzo

Anuncie aqui